Lista de alimentos para Diabeticos

Lista de alimentos para diabeticos te ajudará a controlar a diabetes e você terá uma vida normal aproveitando a vida,

Lista de alimentos para Diabeticos

lista de alimentos para Diabeticos

Óleos e gorduras

1 a 2 porções por dia: prefira óleo de soja e azeite de oliva, pois são ricos em ácidos graxos poli-insaturados e ômegas 3 e 6, que ajudam a diminuir os triglicérides. Porém, devem ser consumidos com moderação por causa do valor calórico.

Cereais, pães, tubérculos e raízes

5 a 9 porções por dia: prefira arroz, macarrão, pães, biscoitos e cereais sem açúcar e do tipo integral, pois suas fibras diminuem a absorção de carboidratos e de gorduras. Os tubérculos (batata e cará) e as raízes (cenoura, mandioca, rabanete e batata-doce) possuem funções semelhantes. Escolha apenas uma opção para cada refeição.

Frutas

2 a 4 porções por dia: opte por frutas com menor taxa de açúcar, como morango, cereja, uva, ameixa seca e damasco seco. As frutas possibilitam a ingestão de menos calorias e mais nutrientes, mas prefira a fruta ao suco.

Hortaliças

4 a 5 porções por dia: cruas ou refogadas, use pouco óleo. Evite molhos para salada à base de maionese ou de queijo. Abuse de vinagre, limão, cebola, alho, ervas (salsinha, manjericão e orégano) e use azeite de oliva em quantidade moderada (1 colher de sobremesa).

Bebidas

Refrigerantes e chás gelados light ou diet estão liberados, uma vez que não contêm açúcar. Vale lembrar que o melhor líquido a ser consumido é a água, e no mínimo 2 litros por dia.

Carnes

1 a 2 porções por dia: Entre as vermelhas, o filé-mignon, a alcatra e o lagarto são as opções mais magras. Dê preferência ao peito de frango (filé) e sem pele. Coma peixe à vontade, é fonte rica em ômega-3. Entre os embutidos, os de peru ou de frango podem ser consumidos sem exagero, devido à quantidade de sódio que possuem. Outros tipos devem ser evitados, pois são ricos em gordura.

Leite e derivados

3 porções por dia: devem ser desnatados e sem açúcar. Os iogurtes devem ser da linha com baixa taxa de gordura (ou 0%) e baixas calorias, sem adição de açúcares. O tipo de queijo liberado é o branco (cottage, ricota e frescal). Evite creme de leite.

Adoçante: item obrigatório

Independentemente do tipo, esse é um produto indispensável para pessoas com diabetes. Ele deve ser usado para substituir o açúcar no preparo de alimentos ou para adoçar bebidas.

Reeducação Alimentar para Diabetes Tipo 2

Em seu dia a dia você deve manter uma dieta saudável que é muito importante para todos, porém é especialmente importante para quem tem a doença da diabetes. A Associação Europeia dos Estudos para Diabetes (EASD) crer que numa dieta para diabéticos tipo 2, seguir um plano de nutrição pode fazer toda a diferença entre manter um controle do nível do açúcar no sangue adequado ou passar por variações da glicemia (nível de açúcar no sangue) que podem ser prejudiciais. Mas coloca-se uma questão, no que consiste um plano de nutrição saudável? Qual o grupo de alimentos e qual a quantidade que é adequada?

Agora vou responder a algumas destas questões. No entanto, uma visita a um nutricionista credenciado, médico endocrinologista ou diabetologista, assim como o seu enfermeiro do seu posto de saúde, é indispensável para o aconselhar de forma mais personalizada.

 Lista de alimentos para diabeticos

Hidratos de carbono e fibras na dieta para diabeticos tipo 2

Os hidratos são uma das maiores categorias de alimentos (outras categorias incluem as proteínas e gorduras) numa dieta para diabeticos tipo 2. Estes proporcionam energia a todo o corpo na forma de glucose. Glucose é um açúcar que constitui a fonte primária de energia para todas as células do corpo humano.

Os hidratos de carbono podem ser classificados de duas formas – simples e complexos. Hidratos de carbono simples são açúcares – como a glucose, sacarose, lactose e frutose. Estes podem ser encontrados, por exemplo, em açúcares refinados e em frutas. Hidratos de carbono complexos são os que proporcionam saciedade, que são constituídos por cadeias de açúcares simples ligadas entre si – podem ser encontrados, por exemplo, em leguminosas, frutos secos e cereais integrais. Os hidratos de carbono complexos são considerados alimentos saudáveis, principalmente, porque são digeridos de forma mais lenta pelo organismo, fornecendo energia de uma forma gradual e estável. São também uma fonte de fibra.

Os hidratos de carbono, ao contrário das gorduras e proteínas, são a categoria de alimentos que provocam um efeito imediato no nível de açúcar no sangue, já que estes são digeridos e transformados em açúcares numa fase inicial da digestão.

Você sabe o que é contagem de hidratos de carbono?

É uma maneira simples de planejar as suas refeições e manter uma ideia concreta da quantidade total de hidratos de carbono presentas na comida para diabéticos, que é ingerida diariamente. Irá ajudá-lo a comer aquilo que quer, distribuindo a quantidade de hidratos de carbono ao longo do dia o que proporciona um melhor controlo da sua glicêmia.

Uma porção equivale a cerca de 12 a 15 gramas de hidratos de carbono, pode consultar a tabela no capítulo (Alimentos). Uma boa maneira de manter o nível de glicêmia controlado, é fazer com que em cada refeição sejam ingeridos cerca de 24 a 30 gramas de hidratos de carbono. A contagem de hidratos de carbono pode ser usada por qualquer pessoa e não apenas por pessoas que queiram seguir uma dieta para diabeticos tipo 2 ou uma dieta para diabeticos tipo 1.

Qual a quantidade de fibra que deve ser ingerida numa dieta para diabeticos tipo 2? Fibra é a parte dos alimentos que não é digerida. Desempenha um papel importante na digestão pois ajuda a que os alimentos progridam pelos intestinos. É ainda importante saber que uma dieta rica em fibras está associada a um menor risco de obesidade, hipertensão, doenças cardíacas e câncer do intestino.

A fibra também:

Atrasa a absorção de açúcares, o que ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue. Promove a redução do “mau” colesterol (LDL). É uma boa fonte de vitaminas e minerais. Ajuda a prevenir situações de mau trânsito intestinal e reduz o risco de determinadas doenças intestinais. Promove diminuição do peso através da diminuição da ingestão de calorias, pois acrescenta volume à sua refeição fazendo com que se sinta saciado. A melhor maneira para acrescentar fibra numa dieta para diabeticos tipo 2 é comer mais alimentos ricos em fibra como por exemplo: Frutas frescas e vegetais; arroz integral, frutos secos, leguminosas e milho.

Gordura na dieta para diabeticos tipo 2.

Porque a diabetes aumenta o risco de desenvolver doenças cardíacas, é particularmente importante ingerir alimentos baixos em gorduras, especialmente aqueles que são ricos em gorduras saturadas. Isto irá contribuir para um melhor controlo do seu peso. Este tipo de gorduras poderá ser encontrado por exemplo em queijos, carnes vermelhas, leite gordo, e alimentos fritos. Eis alguns conselhos para escolher e preparar alimentos baixos em gorduras saturadas para a sua dieta para diabeticos tipo 2:

Faça a opção de carnes magras como por exemplo peru ou frango do campo; prefira peixe rico em gorduras polinsaturadas como por exemplo salmão, sardinha, cavala ou atum; para cozinhar prefira o azeite ao óleo, pois este é rico em gordura polinsaturada.

O objetivo de uma dieta para diabeticos tipo 2 é manter um bom controlo da glicêmia. Um bom planeamento da sua dieta assim como a contagem de hidratos de carbono, irão proporcionar a possibilidade de se sentir satisfeito com os alimentos para diabetes que come e ainda conseguir manter os níveis de açúcar no sangue dentro dos valores aceitáveis.

Cardápio completo para uma dieta para diabetes tipo 2 – Saiba como fazer dieta para diabetes tipo 2 saudável e equilibrada:

Café da manhã

Opção 1
200 ml de chá verde com adoçante;
2 fatias de pão integral;
1 colher (sopa) rasa de requeijão light;
1 banana.

Opção 2
Mingau de aveia com adoçante feito com 200 ml de leite desnatado e 2 colheres (sopa) de aveia.

Lanche da manhã

Opção 1
1 maçã.

Opção 2
1 Nectarina.

Almoço

Opção 1

  • 3 colheres (sopa) de arroz integral
  • 4 colheres (sopa) de feijão
  • 1 prato (sobremesa) de salada de agrião e tomate
  • 1 colher (sopa) de cenoura ralada
  • 100 g de filé de frango (tamanho da palma da mão)
  • 1 laranja

Opção 2

  • 4 colheres (sopa) de arroz
  • 1 concha (média) de lentilha
  • 1 prato (sobremesa) de salada de alface e tomate cereja
  • 2 colheres (sopa) de abobrinha refogada com cebola
  • 100 g de filé de peixe grelhado
  • 1 taça (sobremesa) de gelatina diet

Lanche da tarde

Opção 1
1 iogurte natural, se preferir use adoçante, misturado com 4 morangos picados.

Opção 2
200 ml de bebida a base de soja sem açúcar.

Jantar

Opção 1

  • 4 colheres (sopa) de macarrão ao sugo;
  • 1 prato (sobremesa) de salada de alface, tomate e cebola;
  • 100 g de peixe grelhado;
  • 1 colher (servir) de chuchu refogado;
  • 1 fatia de abacaxi.

Opção 2

  • 4 colheres (sopa) de macarrão ao sugo;
  • 3 colheres (sopa) de carne moída refogada;
  • 1 prato (sobremesa) de salada de rúcula com cenoura;
  • 1 colher (servir) de escarola refogada com cebola;
  • 1 fatia (média) de abacaxi.

Opção 3

  • 1 prato (fundo) de sopa de legumes (feita com cenoura, filé de frango desfiado, chuchu, abobrinha e couve),
  • 1 caqui.

Ceia

Opção 1
200 ml de leite desnatado sem açúcar.

Opção 2
1 copo (americano) de iogurte desnatado.

Opção 3
1 maçã.

A VIDA COM O DIABETES

É possível viver bem com o diabetes, e é mais fácil aceitar e ser feliz , do que fazer dela um inimigo!

Artigo: Lista de alimentos para Diabeticos

Fonte: revista  viva saude

 

Sou Profissional em Marketing de Conteúdo e blogueiro.