Dieta do Dr. Atkins

Baseado no consumo de grandes quantidades de proteínas e gorduras a Dieta do Dr. Atkins é muito eficaz e seu reconhecimento se faz no mundo inteiro, os alimentos são divididos em 03 (três) grupos (Alimentos Gordurosos, Alimentos Proteicos e Alimentos Glicídicos – ver Tabela 1) e o sistema é pautado em alimentos de consumo livre, moderado e não-recomendados (ver Tabela 2). A Tabela 3 oferece um exemplo de roteiro a ser seguido.

Para que a dieta do Dr. Atkins seja saudável, deve-se ingerir diariamente 6-10 porções de cereais e legumes, 2-4 porções de frutas, 3-5 porções de verduras. Pode-se comer quaisquer pescados, carnes, e queijos desnatados que se queira. Contudo, as carnes devem ser magras e deve-se retirar a pele do frango antes de prepará-lo. Recomenda-se alternar carne vermelha com carne branca, cortar todo o açúcar da dieta e não comer mais que 03 ovos por semana. Temperos como azeite de oliva, óleo de soja ou girassol, maionese, manteiga e creme de leite devem ser utilizados sem abuso.



A dieta do Dr. Atkins leva 30 dias para ser completada. Se realizada corretamente, garante uma perda de peso de cerca de 4,5 Kg em 14 dias. Os benefícios relacionados à perda de peso podem ser otimizados associando-se uma atividade física moderada regular (p.ex.: caminhada de 1 hora todos os dias ou 3 vezes na semana). Infelizmente, a eficácia deste regime é transitória e o peso perdido é praticamente recuperado ao se reintroduzir os glícides na dieta.

Este programa de dieta do Dr. Atkins com muita gordura e proteína pode resultar em aumento da gordura circulante no sangue, aumentando o risco para coronariopatias. Além disso, a falta de carboidratos resulta em excesso de acetona no organismo e a cetose pode produzir náuseas, hiporexia e perda de massa muscular. Por estes motivos, o programa está contra-indicado em pessoas com menos de 18 ou mais de 50 anos de idade, diabéticos, nefropatas, gestantes, hiperlipidêmicos, hiperuricêmicos e portadores de coronariopatias / cardiovasculopatias.

Alimentos protéicos • Carnes vermelhas
• Pescados e mariscos
• Queijos
• Claras de ovo
• Frutas secas
• Sementes
• Legumes
Alimentos Gordurosos • Gorduras saturadas de origem animal
• Gorduras insaturadas de origem vegetal
Alimentos Glicídicos • Frutas
• Verduras e hortaliças
• Grãos
• Amidos (pão, massas,outros)
• Tubérculos e açúcares refinados

A dieta é pautada em alimentos de consumo livre, moderado e não-recomendados

Alimentos de consumo livre:
• Carnes e queijos
• Pescados e mariscos (exceto ostras e mexilhões)
• Manteiga, margarinas e maionese
• Gorduras animais como creme de leite (sem abusar)
• Gorduras vegetais como azeite de oliva, soja, …
• Alimentos glicídicos crus como alface, repolho, pepino…
• Vegetais crus (alface, pepino, espinafre cru, aipo, repolho, rabanete e tomate)
Alimentos que devem ser consumidos com moderação:
• Vegetais crus: couve-flor, espinafre e brócolis
• Vegetais cozidos: cebola, tomate, espinafre, berinjela, rúcula
Alimentos não-recomendados:
• Alimentos protéicos como frutos secos, sementes e legumes
• Alimentos glicídicos como frutas, verduras, grãos (arroz, trigo), tubérculos (batata, mandioca…), amidos (farinha, pão, massas…) e açúcares refinados

 

Exemplos de Roteiro da Dieta para duas Semanas
Café • Café ou chá com adoçante
• 01 porção de queijo ou um ovo cozido
Almoço • Caldo de verduras
• Filé de frango com limão
• Salada de repolho e pepino com azeite e limão
• Líquidos à vontade
Lanche • Queijo magro
• Café ou chá com adoçante
Jantar • Camarões ou pescados temperados com limão
• Caldo de verdura com queijo ralado

NOTA: Este programa alimentar só deve ser realizado sob supervisão médica.

Sou Profissional em Marketing de Conteúdo e blogueiro.